segunda-feira, 13 de junho de 2011

Lia Rodrigues Cia de danças

 Na foto, a capa do cartaz do espetáculo "Aquilo de que somos feitos" (2000) da Lia Rodrigues Cia de Danças que carrega o nome de sua fundadora, diretora geral e artística.
 Este espetáculo que teve participação ativa dos intérpretes durante o processo de criação coreográfica como um dos principais elementos de formação foi  registrado pela Mestre em Ciências do Movimento Humano, Mônica Dantas através de um estudo etnográfico e entrevistas com o a própria Lia Rodrigues e com os bailarinos, e resultou na publicação do artigo "De que são feitos os dançarinos de 'Aquilo...' criação coreográfica e formação de intérpretes em dança contemporânea."(2005)
 A Companhia carioca fundada em 1990, estreou em 1991 com o espetáculo "Gineceu" que abordava questões pertinentes ao universo feminio. "Aquilo de que somos feitos" é o sétimo trabalho da Lia Rodrigues cia de Dança onde as barreiras entre palco e platéia foram extintas e zelo pela essência humana foi manifestado. O último etrabalho da companhia é "Pororoca" de 2009 que traz conceitos como: Arrastão, mistura, choque, invasão para o palco.
  Abaixo um trecho da entrevista da coreógrafa Lia Rodrigues:
  
"Interessava-me trabalhar o tempo. Você fala a mesma palavra várias vezes, ela
perde o sentido. Com o olho, acontece a mesma coisa: como o olho perde o sentido?
Eu cronometrava qual o tempo para o meu olho perder o sentido olhando aqueles
corpos. Eu estava interessada num outro tempo, o da qualidade da informação,
um tempo mais alargado, eu pensei em dar algo para quem está assistindo. Tem
sempre que acontecer algo? [Esse tempo era necessário] para que o público pudes-
se criar o que deseja nesses corpos." (Rodrigues, 2001, p. 12)


 



 

sábado, 4 de junho de 2011

Pina Bausch e Win Wenders

  Estreou com muita emoção no Festival de Berlim deste ano: "PINA" um documentário em 3D do diretor alemão Win Wenders (Asas do Desejo; Paris Texas) que foi, segundo ele mesmo, planejado junto com a própria Pina Bausch. O diretor e a coreógrafa da Wuppertal Tanztheater eram amigos e tinham planos a longo prazo porém Pina faleceu em agosto de 2009, interrompendo assim os projetos.O diretor a homenageia e nos contempla através dessa obra do cinema da nova era feita com um apuro técnico, estilo e participação dos bailarinos da companhia alemã.

Logomarca do Google!

  Para quem viu, rever e pra quem não viu, ver a logomarca que Martha Graham ganhou do Google no dia 11/05.

"Última Dança"

  Para abrir as postagens deste blog, escolhi colocar um vídeo da última cena do filme " One Last Dance" ( "A Última Dança") da diretora e atriz Lisa Niemi. Este filme norte-americano, surpreendentemente, termina ao som da música "Batendo no Peito" de André Cassiabava que traz na letra vários aspectos representativos da nossa cultura. Segue, então, o vídeo abaixo: